segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

[ CARTÕES DE NATAL ]

Cartões de Natal para copiar e imprimir.
Para mais modelos clique aqui.


[ EU PRECISO DO ESPÍRITO SANTO ]


EU PRECISO DO ESPÍRITO SANTO!
Era com as palavras em destaque no topo deste texto que Charles Spurgeon 
subia ao púlpito da igreja do Tabernáculo, em Londres, no século dezenove, 
semana após semana. Com isso estava declarando que sua pregação seria inócua sem a ação do Espírito Santo. 
Só o Espírito tem poder para convencer os corações do pecado, 
abrir os corações para a fé e regenerar os corações, dando-lhes uma nova vida. 
Eu preciso do Espírito Santo, pois sem ele não há sequer um convertido na terra. 
Só o Espírito tem poder para aplicar a obra da redenção. 
Só o Espírito pode batizar-nos no corpo de Cristo. 
Só o Espírito pode transformar-nos à imagem de Cristo. 
Só o Espírito Santo pode nos selar para o dia da redenção. 
Só Espírito Santo pode nos santificar e nos dar poder para testemunhar o evangelho. 
Como Spurgeon, deveríamos declarar: Nós precisamos do Espírito Santo!
Hernandes Dias Lopes.

[ A FÉ VÊ INVISÍVEL ]


A FÉ VÊ INVISÍVEL!
A fé não anda por aquilo que vê. A fé não é por isso, algo incerto, duvidoso.
A fé é certeza de coisas e convicção de fatos.
A fé está fundamentada em Deus e em suas promessas.
Por isso, a fé vê o invisível, toca o intangível e toma possível do impossível.

Hernandes Dias Lopes
A fé não anda por aquilo que vê. A fé não é por isso, algo incerto, duvidoso. 
A fé é certeza de coisas e convicção de fatos. 
A fé está fundamentada em Deus e em suas promessas. 
Por isso, a fé vê o invisível, toca o intangível e toma possível do impossível.
Hernandes Dias Lopes

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

[ INVISTA NOS SEUS RELACIONAMENTOS ]


Quem semeia amizade colhe simpatia. 
Quem semeia bondade, colhe misericórdia. 
Quem semeia respeito colhe consideração. 
Quem semeia afeto colhe amor.
(Hernandes Dias Lopes)

[ A VIDA NO REINO DE DEUS ]


A vida no Reino de Deus implica em novos princípios e valores. 
Viemos de um reino que também tinha seus princípios e valores. 
O reino de onde viemos é completamente oposto ao Reino do Filho Amado. 
Naquele, praticávamos o egoísmo, agora, devemos praticar o altruísmo. 
Queríamos ser servidos e honrados, agora devemos servir e dar a Deus toda honra. 
Lá ninguém achava estranho termos uma atitude vingativa,mas no Reino de Deus, essa atitude é reprovável. 
Somos chamados ao perdão e à reconciliação. 
Tudo isso realiza em nós a morte do nosso ego adoecido pelo pecado e fortalece nossa nova identidade como Filhos de Deus. 
Por isso Jesus dizia coisas como: “Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem,
 para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. 
Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos.” (Mateus 5.44-45)
(Palavra Eficaz)